AnaMaria
Famosos / Fofos!

“Orgulho”, diz Fábio Jr. sobre contracenar com Fiuk e Cleo em filme

Fábio Jr. está em cartaz nos cinemas ao lados dos filhos em filme de comédia

Da Redação Publicado em 04/04/2022, às 13h15

Fábio Jr. está em cartaz nos cinemas ao lados dos filhos em filme de comédia - Divulgação/Larissa Marques
Fábio Jr. está em cartaz nos cinemas ao lados dos filhos em filme de comédia - Divulgação/Larissa Marques

Fábio Jr.está em cartaz nos cinemas com o filme ‘Me Tira da Mira’, ao lado dos filhos Cleo e Fiuk. A família surgiu no ‘Fantástico’, no último domingo (3), e o cantor falou sobre a oportunidade de atuar com os filhos em uma produção.

“Nossa, é um orgulho, é emocionante. Eu vejo os dois ali e falo: meu Deus do céu, fui eu que fiz, olha o tamanho que estão, olha o que estão fazendo”, declarou o cantor. Na sequência, Fiuk também contou que tentou se desvencilhar da imagem do pai, mas sem sucesso.

“Eu sou praticamente o meu pai e eu tive que lidar com isso a vida toda. Tanto o lado bom quanto o lado ruim. E durante muito tempo eu tentava fazer coisas diferentes e não dava”, explicou.

Cleo também revelou que tem muitas semelhanças com Fábio Jr., entre elas: a teimosia e a aparência física. “Eu me lembro de uma coisa que eu me vejo no meu pai: esse jeito voluntarioso de ‘ou eu vou fazer do meu jeito ou eu não vou fazer’”, contou a atriz.

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER

Uma policial forte e destemida que embarca em uma aventura perigosa para desvendar os mistérios por trás da morte de uma atriz. Essa é a premissa básica de “Me Tira da Mira”, filme estrelado por Cleo, que chega aos cinemas em 24 de março. A produção é a primeira em que a atriz trabalha com o irmão, Fiuk, e o pai dos dois, Fábio Jr., que fazem uma participação especial na produção.

Para desvendar o crime, ela se une a sua terapeuta Isabela (Bruna Ciocca), dá uma repaginada no visual e se infiltra em uma clínica de Realinhamento Energético. Lá, a dupla dinâmica descobre que está cercada de pessoas suspeitas, como a recepcionista Amanda Jéssica (Viih Tube),  que podem estar ligadas - direta ou indiretamente - no crime que tirou a vida da famosa, vivida por Vera Fischer.

Convidada para a cabine e coletiva de imprensa com jornalistas, AnaMaria Digital assistiu o filme em primeira mão e te conta tudo o que você precisa saber sobre ‘Me Tira da Mira’. Confira!

GRAVAÇÕES AFETADAS PELA PANDEMIA

O filme foi um daqueles projetos desenvolvidos ainda no começo da pandemia da covid-19, em 2020. Justamente por esse motivo, os atores precisaram seguir uma série de protocolos rigorosos para que as gravações pudessem acontecer. Isso, é claro, acabou mudando a forma de se “fazer um filme”.

Hsu Chein, diretor da produção, explicou que o longa foi gravado em cinco semanas: “Como foi no início [da pandemia], tudo era muito lento e rigoroso em set, então a gente esticou um pouco o prazo do filme”. O mais interessante é que, segundo ele, os atores não podiam se encontrar para ensaiar as cenas de ação, como tiroteios, explosões e lutas, portanto, tudo era feito no dia das filmagens. 

“Qualquer filme que tenha isso precisa de, no mínimo, um mês de ensaio. Nós não tivemos isso, porque não pudemos nos encontrar para fazer toda aquela preparação”, contou um produtor, antes de Fiuk completar: “Foi um baita desafio fazer as cenas de ação, porque envolvia diversos atores, figurantes e toda a produção. Mas eu amei fazer, foi muito intenso.” 

ELENCO ESTRELADO

Não há como negar que Cleo e Hsu Chein acertaram em cheio na escolha do elenco de ‘Me Tira da Mira’. O filme conta com a participação especial de alguns atores veteranos, como Stênio Garcia, Vera Fischer e a icônica Maria Gladys, até influenciadores digitais que ainda estão se familiarizando aos poucos com o universo do audiovisual, como Viih Tube e Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay

Cleo, que participou do toda a produção do longa, explicou como foi a escalação desse elenco: “A gente tinha essa vontade, sim, de unir a velha guarda com uma galera do digital, que ainda está começando, e fazer uma coisa bem diversa.” 

Cleo e Gkay no filme "Me Tira da Mira" - Foto: Uriel Pandini/Divulgação/Imagem Filmes

Além disso, Bruna Ciocca, que deu vida à divertida terapeuta Isabela, também ganhou grande destaque em meio aos nomes famosíssimos. Apesar de este ser seu primeiro trabalho no cinema, a atriz arrancou gargalhadas dos jornalistas e mostrou que carrega um talento exímio para o cinema. “Foi uma experiência maravilhosa encontrar essa galera como atriz iniciante, uma sorte imensa. Comecei com o pé direito, tanto como atriz, como produtora”, disse ela. 

NOVA FUNÇÃO: PRODUTORA

‘Me Tira da Mira’ marca uma nova fase na vida de Cleo. Isso porque essa foi a primeira vez que a atriz colaborou em um filme como protagonista e produtora ao mesmo tempo. O desafio, porém, serviu de incentivo para que ela quisesse seguir carreira na área: “Quero continuar produzindo, sim.” 

“Há muito tempo eu penso em produzir, porque eu tinha a ideia de que essa poderia ser uma maneira de me completar. E foi mesmo. Você tem controle do material, pode apostar nas coisas que você acredita, no tratamento das coisas do jeito que você acredita, é muito realizador”, disse.

A atriz ainda revelou que os diretores pensam em lançar uma sequência para o longa-metragem. No entanto, ainda não há uma data prevista para o início das gravações: “A gente está com a ideia de fazer o dois, mas ainda não tivemos tempo de escrever. O Hsu Chein vai ficar louco (risos)”. 

DE OLHO NAS REFERÊNCIAS

Quem se atentar aos detalhes de ‘Me Tira da Mira’ vai notar que o longa conta com diversas referências cinematográficas incríveis. A mais divertida - e talvez perceptível - de todas é o filme ‘Sr. e Sra. Smith’, isso porque Cleo e Sérgio Guizé protagonizam um casal de policiais - cheio de química - que juntos combatem o crime. 

“A gente se divertiu muito durante as filmagens e essa referência sempre esteve muito presente pelo set. Então, eu fui criando o meu personagem com a ajuda dela [ClEo], porque ela estava super dentro da história. Foi um jogo de atores mesmo, eu espero que tenha dado certo”, relatou Guizé. 

Cleo e Sérgio Guizé formam um par romântico em "Me Tira da Mira" -  Foto: Uriel Pandini/Divulgação/Imagem Filmes

Além disso, a personagem de Júlia Rabello também faz menção à novela ‘Mulheres de Areia’, um clássico da TV Globo, em diversas cenas. No longa, ela vive uma atriz maluquinha que está se preparando para interpretar as irmãs Ruth e Raquel em um teste de remake da novela. No entanto, acaba perdida entre a realidade e a ficção, o que diverte - e muito - os espectadores. “O meu processo para a criação da personagem foi suspender as minhas medicações”, brincou Júlia. 

Sobre o cenário do filme, Hsu Chein deixou claro que buscou inspirações na cultura pop dos anos 1970 e1980. Essas referências ficam claras na clínica Bianchini, em que o diretor optou por uma ambientação misteriosa, luzes baixas e alguns figurinos clássicos da época.

TRILHA SONORA

A trilha sonora do filme também não deixa a desejar. Assinada por ninguém menos que a própria protagonista, “Me Tira da Mira by Cleo” promete embalar os espectadores nos cinemas de todo o país. Repleto de personalidade, inovação e muita diversidade, o  álbum musical chegará em todas as plataformas digitais no dia 24 de março, na mesma data de estreia do filme 

O projeto conta 13 faixas e a participação de 27 artistas contemporâneos, entre eles Dilsinho, Pabllo Vittar, Azzy,MC Rebecca, Mc Zaac e Xamã, passando por diferentes estilos musicais. Os artistas convidados para estar presentes na trilha somam, atualmente, mais de 50 milhões de ouvintes mensais no Spotify.

Vale mencionar que Cleo também gravou duas faixas do álbum. No entanto, essa não é a primeira vez que a atriz se joga no mundo da música, isso porque ela já lançou outros sucessos, como ‘Tormento’, ‘Queima’, ‘Melhor Que Eu’, ‘Bandida’, ‘Jungle Kid’ e muitos outros. 

Confira o trailer completo de "Me Tira da Mira":